segunda-feira, julho 09, 2007

Eu


Sou imperfeito
em minhas amarguras
sofro, em agonia,
pelos motivos errados
espúrios, amorais
sou perfeito
em minhas dores
suporto, estóico
tempestades, avalanches
a lança retorcida na carne
dou minha cara a tapa
sem pudores
carrego, como cangalha,
o peso do mundo
sou justiçado
pelos meus atos
perfeitamente
imperfeitos.


------------------------------------------

Prestigiem o Pseudo-Poemas. Leiam também o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela bíblia e pelo Vaticano. Leiam os blogs que estão linkados aqui, todos excelentes. E visitem os blogs do "Letras para Maiores". Surpreendentes.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics