quarta-feira, julho 18, 2007

Fortuna

Sou um eterno indignado. Leiam aqui primeiro e depois aqui. E vejam um pequeno gesto indignado aqui.

E como não podia deixar de ser, lancei a pedra fundamental de minha fortuna aqui.


Leiam o primeiro relato aqui. Deixem sua opinião, por favor, lá.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics