terça-feira, novembro 07, 2006

Exclusão


Bate martelo
Bate-estaca
Tremem Alicerces
Paredes se erguem

Muro contido
Intransponível
Intocável
Bloqueia, separa

Vidas fechadas
Inseguras
Inertes
Impossíveis

6 leram:

Márcia(clarinha) 5:02 PM  

Trancafiadas vidas por grades e amarradas por nós cegos de medo..
lindo dia
beijossssssssss

Anônimo,  5:41 PM  

Falou direto comigo...
O blog está lindo e você escreve muito bem.
Te amodoro, você sabe.
Beijão, Ric.

Daniele 6:52 PM  

Ricardo,
Cá estou a me deleitar com a sua fina escrita, com o dom, com o seu lirismo, com a beleza contida nos versos...!

Maravilhosos...

Vou fazer um link no meu blog dos seus blogs, pois compactuamos do amor a cultura, ao lirismo.

Beijos,
Daniele

Anônimo,  8:43 AM  

Nós próprios é que erguemos esses muros...
Talvez só o Amor os consiga derrubar...

Beijo grande.

Jéssica 4:04 PM  

Muros (psíquicos) q criamos em volta de nós mesmos, bloqueando muitas vezes a passagem de coisas boas...

Ricardo Rayol 4:27 PM  

Fico lisonjeado com os comentários tão bacanas de todas vocês.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics