quarta-feira, novembro 08, 2006

Traços


Lágrimas estéreis
Gosto de saudade
Lugares vazios
Rompem o horizonte
Andarilhos solitários
Pastam, caminham
Apenas
São pontos
Traços

(imagem do site www.fotografia-na.net, desconheço a autoria)

2 leram:

Jéssica 8:22 PM  

Ric, ler teus poemas é +/- como estar diante de uma pintura 'abstrata' em q se tenta imaginar o q se passou na cabeça do pintor na hora da cria. Não sei vc nesse caso, mas eu lembrei de qdo distribuia sopão de madrugada pros moradores de rua... e q pra minha surpresa entre eles encontrei engenheiro, advogado, enfermeira...
Ali eu via lágrimas estéreis com sabor de saudade e muita solidão.
Ah... como a gente é feliz... e como reclamamos... Beijo, meu poeta querido... Ótima noite procê*.*

Claudia Perotti 11:08 PM  

Traços ... é o início de uma grande obra!

Beijinhossssssss

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics