domingo, janeiro 14, 2007

(A)temporal


Vazios olhos
Nuvens carregadas
Raios ofuscam
Tão bela imagem
De teu corpo
Tempestade interminável
De desejos.

(desconheço, como sempre, a autoria da imagem...)

8 leram:

cantabile 11:15 PM  

E depois da tempestade, sempre vem a bonança ...

Cármen Neves 12:25 AM  

OLÁ POETA!
MUITO BOM OS TEUS VERSOS!
COM CARINHO,
Cármen Neves

Daniele 12:30 AM  

Querido,

Olhos
miram
beleza
interminável
consumidos por desejos.

Poemas e Cotidiano 11:14 PM  

Que lindo! Estou adorando ler!
Beijos
MARY

Jéssica 10:38 AM  

(a)temporal
(de)chover
Caindo muita água sobre mim, água molhada, fria e pesada. Sem forças pra estancar a chuva a tempo. Beijo meu poeta preferido... e um lindo dia pra você*.*

Daniela Mann 10:02 PM  

A imagem e o poema formam uma sintonia perfeita!
Beijinhos

Lidiane 10:17 AM  

Gosto do Ricardo poeta que escreve aqui.

Poemas e Cotidiano 1:27 AM  

Rick: Que bela foto, e que belo escrito!
Magnifico!
Beijos
MARY

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics