sexta-feira, março 14, 2008

Dia Nacional da Poesia

Hoje é dia de poetar. De deixar as letras fluirem, aos borbotões. Construir, do barro lúdico, obras de arte. No intrincado rimar achar o caminho, da liberdade expressiva. Sonetemos, então, metricamente, nossas paixões. De livre punho, façamos as letras livres.

Minha homenagem a todas as letras de todos os poetas no Dia Nacional da Poesia.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics