segunda-feira, maio 28, 2007

Tua boca


esta secreta, exótica
delineada boca
marota
nos declama sentenças
incontáveis versos, inconfessáveis
esta boca
do belo sorriso
ah, o sorriso
traz promessas subentendidas
conspira
cativa, arranca suspiros
esta boca
dos lábios úmidos
ah, os lábios
doces e macios favos
de entreaberto desejo
esta boca
do beijo ardente
ah, o beijo
sabores e línguas
unem-se
explosiva mistura
elo de todas as coisas...
da alma, do corpo
da boca.


Especialmente para minha amiga Viviana.

Prestigem o Pseudo-Poemas e o Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela bíblia e que não posso publicar aqui.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics