quarta-feira, dezembro 13, 2006

Saudade


Pura, espreita
Crédula
Distancia corpos
Repletos, esvaziados
Tonteia
Insuportável ânsia
Batimento descontrolado
Completo
Ingrato, vil
Sentimento

9 leram:

Jéssica 10:16 PM  

to axanu ki vc anda mi traindu, pola...rs...
anda muito saudoso...
ela ta longe, ta?
O amor é lindo, né?
Lindo texto, embora a saudade sempre doi... mas fazer oquê... faz parte...
Beijo nessa careca keu adoro*.*

Rose 11:49 PM  

É isso mesmo que a saudade faz com quem se atreve a não esquecer.

Lindo novamente Ricardo.

abraços

rose

d'anônima,  10:33 AM  

Ricardo

SAUDADE também "tempera".Hummmm rsrs
bjs

Claudia Perotti 11:41 AM  

Menino,

Está arrasando, heim?

Aqui vai a minha inspiração:

O silêncio embala as noites de lua cheia e mantém o olhar preso ao horizonte. Movimenta-se no peito um sentimento que provoca as marés, que escorre pelos cantos, anônimo, lambendo a face emocionada. Os olhos cospem ouro, pensamentos de amor e únicos que sagram as gotas do sentir. Pari, lentamente, uma imensa saudade e atirei-a nas águas. Uma saudade viva, inteira, infinita e verdadeira, que segue rumo ao outro lado do oceano. Fito-a partindo e sonho. E deliro. E me despeço...

Beijinhosssssss

cantabile 3:12 PM  

... e como dói a saudade!

Anônimo,  3:12 PM  

Lindo Ricardo!
A saudade é mesmo um vil sentimento... Mas quem não sente saudade?
Beijinhos

Daniele 12:23 AM  

Ricardo,

Saudade um dos sentimentos mais fascinantes que há, pois a saudade esta no registro do nosso ser, se há saudade há vida...Se a vida...Há poesia !

Bjos,
Dani

Cármen Neves 12:44 PM  

Caro poeta,
teus versos são profundos e belos!
com admiração,
Cármen Neves.
www.carmenneves.prosaeverso.net

simples.liz 11:38 PM  

sabes se ela sente o mesmo?

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics