sábado, dezembro 02, 2006

Mares


Naveguem sem rumo
Loucos marinheiros
Velas, ventos
Una-os
Cruel ou insólito
Destino que seja
Enfrentem-no
A fúria, a bonança
Passem, ultrapassem, trespassem-nas
Abasteçam-se
De fé, salvação
Não sucumbam
Naveguem

11 leram:

Claudia Perotti 11:34 AM  

Sabe Ri... adoro esse teu blog!
Esse texto em especial está fantástico e mexeu comigo ... muitooo!

Beijinhossss

Daniele 12:15 PM  

Querido amigo Ricardo,

Veleiros,
Velas,
Ventos passem,
ultrapassem,
abasteçam.
Não sucumbam,
Navegue rumo ao desconhecido,
singre mares...
E retornes em escrita !

Beijos,
Dani.

Ricardo Rayol 3:06 PM  

Claudinha, eu sei que ia mexer com você pois sei que gosta muito do mar :-)

Dani... simplesmente uma réplica maravilhosa... vou pensar numa tr´plica :-)

Daniela Mann 7:05 PM  

"Abasteçam-se
De fé, salvação
Não sucumbam
Naveguem"

Lindíssimo!

Hilda 7:31 PM  

Ricardo, vim conhecer tua alma de poeta, fui bem apresentada a ela pelos versos que li aqui. Esse comentário é extensivo à página toda e resumo em: Gostei!

Saramar 8:36 PM  

Ricardo, meu querido, enfim consigo voltar a ler os blogs amigos.
Devo lhe dizer que este é o seu mais bonito poema, cheio de esperanças, de alento.
Fiquei encantada.
Beijos e saudades.

Daniela Mann 10:21 PM  

LOLOLOLOLOLOLOLOL
Em relação ao seu comentário, só lhe posso dizer que:

"O poeta é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir ser dor
A dor que deveras sente"

Fernando Pessoa

HE HE HE HE HE HE
Beijinhos

Anônimo,  12:50 PM  

O teu poema mostra muito bem a coragem de quem tem de enfrentar as ondas do mar.
Muito bem conseguido como sempre.

Beijo grande.

cantabile 4:55 PM  

"Navegar é preciso. Viver não é preciso."

Jéssica 1:37 AM  

Texto perfeito. É só o q tenho a dizer, já q embora o mar me fascine, eut enho verdadeiro pavor dele. Beijo*.*

Vera 9:43 AM  

Naveguem, naveguem!!!
E tu escreve, escreve!!! Sempre bem!
Beijo grande

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics