sexta-feira, junho 08, 2007

(In)verno


furiosas rajadas ensandecidas
do intenso frio sou refém
caminho sem destino, sem fé
procuro esperanças vãs
através das brumas,
horizontes
aconchego-me em meus braços, cruzados
ouço o assobio do vento
busco tua voz
nego-me à negação,
excludente não
aqueço-me
dos olhares ressabiados
envolvo-me em pensares
loucos
caminho à toa
perdido.


Meus Amigos, o Cantábile , agora com a minha humilde colaboração, foi indicado para concorrer ao "Blog da Quinzena". Contamos com o voto de vocês !

Prestigem o Pseudo-Poemas e o Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela bíblia e que não posso publicar aqui.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics