terça-feira, junho 26, 2007

(Im)perfeição


seres perfeitos,
de estreita visão distorcida
autofágicos conceitos
em desérticos sentires
suas almas corrompidas
degradadas
ao degredo relevadas
vagueiam impuras, impacientes
protestam, agoniadas, em gritos amargurados
pois Infernais ares
varrem seus caminhos
socorrem-se de gestos obscenos
apóiam-se mutuamente
em imperfeita sintonia


------------------------------------------

Prestigiem o Pseudo-Poemas. Leiam também o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela bíblia e pelo Vaticano.

Meus Amigos, o Cantábile, agora com a minha humilde colaboração, foi indicado para concorrer ao "Blog da Quinzena". A partir do dia 15/06 contamos com o voto de vocês!

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics