terça-feira, julho 22, 2008

Mordaça


Em amordaçado silêncio,
recoberto pelas gotas ácidas da chuva,
derramadas do pranto profundo das nuvens negras.

Agonia e êxtase são companheiros,
de armas em riste,
lutaremos,
atolados no campo profano,
pelo cruento vento açoitados.

Dilaceram-nos os corações,
resta-nos apenas a dor,
das feridas incuráveis.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics