quarta-feira, junho 04, 2008

Caminho


E assim, solitário, vejo-me em meio aos rastros, dos milhares que me anteciparam. O porto ficou para trás e, no carcomido cais, deixei meus fardos, agora carrego poucas lembranças: um amor perdido, a derradeira dúvida, uma equivocada decisão.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics