terça-feira, outubro 30, 2007

Memes - a coisa mais viada da blogosfera

Como eu disse antes, de tanto que reclamei e esperneei, fui alcançado pelos tais memes (que se pronuncia mi-mi, ô palavrinha bicha sô). Seguindo minhas próprias regras, iniciarei aqui ou alhures (talvez abra um blog só pra escrever sobre memes) minhas respostas às maravilhosas indicações.

Começo com o meme da página 161, que a Pri e a Claudya tiveram a temeridade de me indicar.

As regras são essas:

1ª - Pegar um livro próximo (próximo, não procure);
2ª - Abrir na página 161;
3ª - Procurar a 5ª frase completa;
4ª - Postar essa frase em seu blog;
5ª - Não escolher a melhor frase nem o melhor livro;
6ª - Repassar a outros 5 blogs. (essa eu vou deixar para cada um que quiser)

A frase: "Zeus, subitamente invadido por quatro delicados dedos, despejou, do seu imenso caralho, a carga de sêmen nas bocas ávidas da terra, água, fogo e ar, semeando-as."

O livro: As crônicas mitológicas, de Σκληρό πέος, Editora O. Tabajara.

A Claudya também me passou um meme sobre histórias de terror que me contavam na infância. Sinceramente não lembro de nenhuma, mas lembro que eramos aterrorizados por situações. Numa delas, no bloco A da 109-Sul, em Brasília, não passávamos por certo local nos quartinhos que existiam no sub-solo, pois em um deles um garoto havia se matado sem querer e tinhamos certeza que era assombrado. Ou então imaginávamos que no barracão, onde moravam os irmãos Marista, no Maristinha, eram realizados rituais macabros.

E não me sacaneiem.

-------------------------------

Hoje também estou aqui.

Read more...

segunda-feira, outubro 29, 2007

Contagem

Hoje não irei falar do suave perfume das flores. Ou das nuances surrealistas do pôr-do-sol de um outono qualquer. Vou falar dos espinhos. Da queda das folhas mortas de árvores retorcidas. Quero tecer loas ao intraduzível martírio das criaturas. Uma criatura. Somos desenganados ao nascer. Subtraímo-nos aos pedaços, na contagem regressiva. Vamos, às vezes céleres, às vezes rastejantes, ao encontro da luz no fim do túnel. Mas novamente tergiversei-o. Assunto dolorido esse. A anunciada morte. Mesmo assim ainda repulsa-me a idéia do martírio. Não deveríamos sofrer. Não há dignidade. Nenhuma. Não deveríamos caminhar por uma via sacra para cumprir nosso destino. Prefiro o súbito sumir. Num instante quedar fulminado. Olho, impotente. O caminhar de uma criatura. Um doce ser humano. Observo sua luta insana pela vida. E sei de que nada adianta. Cruel é a esperança. É acreditar. O futuro acabou-se. Finito.

Fim.

------------------------------------------

Aos sábados, escreverei um texto inédito no blog Livro Aberto. Prestigiem. Participo também do Coletânea Artesanal. São muitos trabalhos fantásticos. Recomendo a visita.

Leiam o blog Pseudo-Poemas e o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela Bíblia e pelo Vaticano.

E agora no Memórias Póstumas de um Puto Prestimoso.


No dia 11/12 convoco a todos para uma blogagem coletiva sobre o tema. Maiores informações aqui. Divulguem e participem.

Read more...

Blogagem coletiva - Paz na terra - UPDATE

Não se esqueçam da grande blogagem coletiva convocada pelo Lino Resende para o dia 01/11.


Em tempo: Blogagem coletiva é legal, diferentemente de memes e indicações, que são as coisas mais viadas da blogsofera.

Update - 29/10/2007 - 11:55

Eu me rendo. Quanto mais digo que odeio memes mais eles me perseguem. Mas me reservo direito de escrever o que eu bem entender, da forma que eu achar conveniente e não repasso, quem quiser que continue.

De acordo?

Read more...

sábado, outubro 27, 2007

Livro Aberto

Hoje estou aqui.

--------------

No dia 15 de dezembro, às 15 horas, na Feira do Livro de Florianópolis, será realizado o debate "Poesia e Internet: isso combina?". Este debate está sendo organizado pelo Rodrigo Capella, com quem tenho o prazer de dividir espaço no blog Livro Aberto.

Estão todos convidados. Maiores informações aqui. Nos ajudem a entender a sua opinião respondendo a enquete. E no dia 11/12 convoco a todos para uma blogagem coletiva sobre o tema. Divulguem e participem.



Este banner foi gentilmente desenvolvido pela Claudya Renata, ela dá um show em informações sobre design de blogs e sites, além de dicas sobre editoração de imagens. Conheça o trabalho dela aqui.

Read more...

terça-feira, outubro 23, 2007

Por que a propaganda é a alma do negócio

Vejam um comercial instigante do puto prestimoso aqui.

Read more...

segunda-feira, outubro 22, 2007

Filosofia de bar.

Mais uma vez encontro-me aqui. Nesse balcão sujo, enevoado pela fumaça acre e azulada dos incontáveis cigarros que me cercam. Agradeço ao deus, que me serve generosas doses. Abençoados sejam a cerveja, a cachaça e o rabo-de-galo. O ovo colorido. Embriagado, declamo palavras tortas em meio às saudosas lembranças de meus amores direitos. As putas, embevecidas, aplaudem. Chamam-me de poeta. Poeta é o caralho. Sou um louco enternecido. Ouço as estórias das moças. Acredito em todas. Choro por elas. Quero salvá-las de seus infernos. Palavra tola essa. Salvação. Cercam-me ávidas, pelos trocados que brotam de meus bolsos. “Pegue o que é teu antes que alguém o pegue”, ouço. Tenho que salvar a mim. Salvo por minhas próprias ações. Afogo-me no mar alcoólico. Sou um babaca.

Estranhos são os matizes dos ovos coloridos, não?

Escrito pelo Bêbado de Rayol, em um balcão de boteco qualquer. Originalmente publicado no blog Livro Aberto.

Read more...

sábado, outubro 20, 2007

Livro Aberto

Hoje estou aqui.

--------------

No dia 15 de dezembro, às 15 horas, na Feira do Livro de Florianópolis, será realizado o debate "Poesia e Internet: isso combina?". Este debate está sendo organizado pelo Rodrigo Capella, com quem tenho o prazer de dividir espaço no blog Livro Aberto.

Estão todos convidados. Maiores informações aqui. Participem da enquete.

Em tempo: Logo teremos um banner para divulgação e uma blogagem coletiva sobre o tema, aguardem.

Read more...

quinta-feira, outubro 18, 2007

Marcha


Punhais e adagas me rasgam,
despedaçam-me aos poucos
marcas sofridas, profundas feridas
tronco, caule, ramo.

As pétalas já murcharam
morreram em agonia,
encolheram meus desejos,
em minha frenética marcha.

Deixo, ao longo do caminho,
os espinhos
das rosas já murchas que colhi.

------------------------------------------

Aos sábados, escreverei um texto inédito no blog Livro Aberto. Prestigiem. Participo também do Coletânea Artesanal. São muitos trabalhos fantásticos. Recomendo a visita.

Leiam o blog Pseudo-Poemas e o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela Bíblia e pelo Vaticano.

E agora no Memórias Póstumas de um Puto Prestimoso.


Em tempo: Troquei a palavra "amarga" pelas "já murchas". Como geralmente não reviso o que escrevo ddepois que parei para pensar ficava melhor assim.

Read more...

quarta-feira, outubro 17, 2007

Debate

No dia 15 de dezembro, às 15 horas, na Feira do Livro de Florianópolis, será realizado o debate "Poesia e Internet: isso combina?". Este debate está sendo organizado pelo Rodrigo Capella, com quem tenho o prazer de dividir espaço no blog Livro Aberto.

Estão todos convidados. Maiores informações aqui e participem da enquete.

Read more...

segunda-feira, outubro 15, 2007

Matemático


Fraciono minhas angústias
em complexas equações algorítmicas
trilho, confuso, as parábolas, as elípticas
em imaginárias seqüências.

Sofro da amnésia geométrica
esqueço as tuas formas
o perfeito triangulo, as afiadas arestas.

Opero, célere, o ábaco
encontrarei meu centro concêntrico,
as incertas coordenadas,
o tal eixo de simetria,
o perfeito ponto de referência

------------------------------------------

Aos sábados, escreverei um texto inédito no blog Livro Aberto. Prestigiem. Participo também do Coletânea Artesanal. São muitos trabalhos fantásticos. Recomendo a visita.

Leiam o blog Pseudo-Poemas e o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela Bíblia e pelo Vaticano.

E agora no Memórias Póstumas de um Puto Prestimoso.

Read more...

sábado, outubro 13, 2007

Livro Aberto

Hoje estou aqui.

--------------

Peço desculpas por minha ausência involuntária nas visitas e comentários. Mas a luz se faz no fim desse longo túnel.

Read more...

quinta-feira, outubro 11, 2007

Areias

Estou me debatendo, e em debate fisiológico com minhas lembranças e inspirações. Em outras épocas ligaria o "foda-se", mas hoje tenho que me render a esse feitor cruel e sanguinário, o tempo. Senhor das mudanças, das arremetidas ferozes e cegas, de lutas cruentas e invencíveis. Tempo, maldito escravocrata, régio e arrogante. Toma-me os poucos fios de meada e transforma-os em pó e cinzas. Debato-me nas movediças areias, nos pantanosos caminhos que escolhi. Estou afundando, orgulhoso. Alguém, por favor, me salve. Eu suplico.

------------------------------------------

Aos sábados, estarei escrevendo um texto inédito no blog Livro Aberto. Prestigiem. Participo também do Coletânea Artesanal. São muitos trabalhos fantásticos. Recomendo a visita.

Leiam o blog Pseudo-Poemas. Leiam também o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela Bíblia e pelo Vaticano.

E agora no Memórias Póstumas de um Puto Prestimoso.

Read more...

sábado, outubro 06, 2007

Livro Aberto

Hoje estou aqui.

--------------

Peço desculpas por minha ausênica involuntária nas visitas e comentários. Não gosto de comentar nada meia-boca então um pouquinho mais de paciência.

Read more...

quinta-feira, outubro 04, 2007

Free Burma



Psicografando o grande mago esotérico Heitor Caolho encaminho a seguir suas sábias palavras:

"Aos generais genocidas

Como trilheiro espiritual e mago estérico oportunista divulgo aqui minha indignação dialética contra a absurda repressão contra os monges Shi-Kai-rui. Não é possível que depois de séculos de tantrismo dicotômico, alguns seres humanos sintam-se no direito de torturar e matar seus iguais apenas para manter o status quo.

Outrossim, muito me surpreende que infiéis divinos se apeguem tanto ao poder e ao dinheiro.

Free Burma. Livrem-se da Birmânia. Vida longa aos monges Sha-O-lin."

----------------

Faz parte da blogagem coletiva em favor da Birmânia Livre de agrotóxicos, políticos venais e generais truculentos idealizada pelo blog do João M. Sejam solidários, caralho.

Update - 17:10

Já ultrapassou os 10.850 os blogs e sites que aderiram à blogagem. Faça sua inscrição na contagem aqui.

Read more...

terça-feira, outubro 02, 2007

Decadência


Em absoluta idiotia
tropeço, embriagado,
me arrasto pelas sarjetas
aconchego-me nos vícios
malditos.

De copo em punho,
em ébria adoração,
rendo-me à redentora cachaça
saúdo às putas imundas, idolatradas
percorro os becos
submeto-me aos encontros
insanos, desarvorados
em paredes imaculadas.

Acolho, neste corpo enlameado,
todos os riscos
de uma vida decadente,
viciada.


Escrito pelo Bêbado de Rayol, em um puteiro de quinta categoria qualquer.

------------------------------------------

Aos sábados, estarei escrevendo um texto inédito no blog Livro Aberto. Prestigiem. Participo também do Coletânea Artesanal. São muitos trabalhos fantásticos. Recomendo a visita.

Leiam o blog Pseudo-Poemas. Leiam também o que publico no Cantábile. Em ambos estão os textos proibidos pela Bíblia e pelo Vaticano.


E agora no Memórias Póstumas de um Puto Prestimoso.

Read more...

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics