sexta-feira, março 20, 2009

Sua língua sangrou minha alma. De nada adiantara enterrar minha adaga, em sua garganta.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics