sábado, julho 03, 2010

....


O que dizer de um desejo tão intenso? Queria eu poder mergulhar em suas profundezas, envolver-me em suas águas, sorvê-la, ávido.

O que dizer de um desejo louco? Queria eu navegar em turbilhonados mares, hastear a bandeira em mastro teso, rizar velas e alcançar um porto seguro.

O que dizer do desejo? Essa quimera.

8 leram:

layla lauar 10:21 AM  

"navegar é preciso"... então navegue! solte suas amarras e se deixe levar... sem rumo, sem direção, pura emoção!

adorei! ;)

Flávia 2:41 PM  

não dizer.

Sentir.

Beijo, Rayol.

Humanos Hedonistas 9:42 AM  

Neste caso, o melhor mesmo é silênciar dota palavra vinda de boca.

rs

Saudade mata viu, Sr Rayol.

humpf humpf!

Tâmara

@intimidade

Claudinha ੴ 9:46 AM  

Olá Rayol!
Puro desejo, quimera... navegue meu filho, que te faz bem. Esta vida só tem sentido se ousarmos e poder nem sempre é impossível! Boa sorte!

Ela 4:57 PM  

Permita-se !

Lucy 7:44 PM  

não se pode esperar mais nada da vida.
sim... navegar sempre.

Vieira Calado 11:47 PM  

Isso, mais que tudo!

Que dizer do desejo?

Forte abraço

Cármen Neves 12:50 PM  

Profundos versos sensuais! Parabéns!Abraço.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics