sexta-feira, agosto 01, 2008


Naufragado, no mais profundo abismo,
no deserto vil, desterrado,
alimentado por pútridas cascas, áridas gotas,
a tua lembrança é salva-vidas
é tua alma que me sustenta.

Espero, sempre, as mensagens nas garrafas.

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics