quinta-feira, setembro 13, 2012

Uma página do meu diário... diário?

Mais uma vez, esqueço de minha insalubre inspiração. E me absorvo dos meus pequenos erros e pecados. Pecadilhos, talvez. Imagino quantos iniciem suas extrusões com o infame e indefectível "meu querido diário". Em outras épocas submerso em avalanches de letras, hoje mal e mal mendigo uma palavra.

O que me faz lembrar que deveria eu ter discorrido sobre temas do momento: a mobilidade e a sustentabilidade. Nunca se falou tanto nisso. Mas aqui não será o espaço para esta indigesta análise. Em resumo vos digo: A mobilidade é a nova seca e sustentabilidade só funciona no bolsos dos outros. Ou algo assim.

Como diria meu amigo Bêbado de Rayol: In vino veritas et cachaça alcuum est.

Graças à Luma, de novo.

Read more...

  ©A Cor da Letra. Template e layout por layla

TOPO  

Clicky Web Analytics